Maquete de papel do avião Concorde da Air France

R$6,99

SKU: Concorde Categoria: Tag:

Monte a maquete de papel do avião Concorde da Air France

Após o pagamento, você recebe no seu e-mail informado no momento de pagar o link para o download da maquete/ papercraft

Você imprime as folhas com as partes/ peças em sua impressora colorida, recorta e monta seguindo o esquema visual/ instruções independentemente de as instruções estarem ou não em outro idioma (normalmente inglês). Mesmo assim, você sempre poderá traduzir utilizando o Google tradutor

Recomendamos que as peças para montagem sejam impressas em papel de 120 ou 180g/ m2 para dar uma maior firmeza à maquete.

Escala 1:144

 

Sobre o avião Concorde

O Concorde foi um avião comercial supersônico de passageiros, que foi produzido entre abril de 1965 (fabricação do primeiro modelo) até o final de 1978, pelo consórcio formado pela britânica British Aircraft Corporation (BAC) e a francesa Aérospatiale. Seus voos comerciais começaram em 21 de janeiro de 1976 e terminaram em 24 de outubro de 2003, tendo sido operado apenas pelas companhias British Airways e Air France.

No início, o Concorde tinha cerca de 100 pedidos das companhias mais importantes do mundo. No entanto, uma avalanche de cancelamentos ocorreu devido a uma conjunção de vários fatores, como a crise do petróleo dos anos 1970, dificuldades financeiras por parte das companhias, a queda do concorrente russo do Concorde Tupolev Tu-144, e alegados problemas ambientais, como o elevado ruído ao ultrapassar a barreira do som e poluição atmosférica. No final, apenas Air France e British Airways utilizaram o aparelho.

Em 21 de janeiro de 1976 o Concorde iniciou voos comerciais, ligando Paris ao Rio de Janeiro, com uma escala em Dakar.

Voar no Concorde era uma experiência única. Tendo uma velocidade de cruzeiro em torno de 2,5 vezes a de qualquer aeronave de passageiros, ele foi capaz de um feito memorável: um Concorde e um Boeing 747 da Air France decolaram ao mesmo tempo, o Concorde de Boston e o Boeing 747 de Paris. O Concorde chegou em Paris, ficou uma hora no solo e retornou a Boston, pousando 11 minutos antes do Boeing 747.

Turbulência era uma coisa que raramente o Concorde enfrentava, devido à sua grande altitude de voo. Olhando pela janela podia-se ver claramente a curvatura do globo terrestre.

A aeronave era mais rápida que a velocidade de rotação da Terra, e isso se fazia notar quando a decolagem em Londres era após o pôr do sol, chegando em Nova Iorque ainda de dia. Porém, por se tratar de um avião supersônico, o Concorde emitia muito ruído e poluição, e assim, por muito tempo, restrições ambientais impediram sua operação nos Estados Unidos.

Foram fabricados vinte Concordes ao longo de um período de treze anos. Dois protótipos (001 e 002) foram produzidos para aperfeiçoamentos no projeto inicial. Mais duas aeronaves foram construídas (101 e 102), como aeronaves de pré-produção, e também serviram para refinar o projeto, de forma a aproximá-lo da configuração ideal para o serviço comercial. Foram feitas alterações no projeto dos motores, ensaios de rolagem em pista molhada, ensaios de altitude, em altas e baixas temperaturas e testes de sistemas e componentes com as novas tecnologias que estavam surgindo, como reversores e freios de carbono. Também foi reprojetada a seção de nariz, com inclinação para uma melhor visibilidade do piloto. As unidades 201 e 202 também nunca entraram em serviço comercial, sendo utilizadas em testes como as anteriores, como treinamento da tripulação, testes de rotas, de resistência, refinamento técnico e desenvolvimento. Portanto, das vinte unidades produzidas, apenas quatorze operaram comercialmente, sete pela British Airways e sete pela Air France.

Complexidade

Pequena

Tipo

Escala

1:144

Idioma

Inglês

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Maquete de papel do avião Concorde da Air France”

O seu endereço de e-mail não será publicado.